«moral da história» ou histórias com sentido – 9: da janela

8 – Desejo-te o suficiente

7 – O menino e a borboleta

6 – Chocolate quente

5 – Pedras na praia

4 – A cobra e o pirilampo

3 – O Amor e a Loucura

2 – O monge e o escorpião

1 – A cenoura, o ovo e o café

Dois homens, gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de hospital.

Um deles podia sentar-se na cama durante uma hora, todas as tardes. A sua cama estava junto da única janela do quarto. O outro homem tinha que ficar sempre deitado de costas.

Os homens conversavam horas e horas. E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava, passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto todas as coisas que conseguia ver do lado de fora da janela.

O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a atividade e cor do mundo do lado de fora da janela.
A janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes, chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos.
Jovens namorados caminhavam de braços dados por entre as flores de todas as cores do arco-íris.

Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia tudo com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto fechava os olhos e imaginava as cenas.

Dias e semanas passaram. Uma manhã, encontraram sem vida o homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia.

Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca. Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira deixou o quarto.

Lentamente, o homem ergueu-se, apoiado no cotovelo, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e lentamente olhou para o lado de fora da janela – que dava para uma parede de tijolo!

O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela. A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem poderia ver a parede. Talvez quisesse transmitir-lhe alguma coragem…

Moral da História:
Existe uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos próprios problemas.

Advertisements

9 thoughts on “«moral da história» ou histórias com sentido – 9: da janela

  1. LN, faz favor, verifique a link por historinha de Chocolate Quente, não funciona bem. Obrigado.

    Gostar

  2. Pingback: «moral da história» ou histórias com sentido – 10: o copo e o lago | Conversamos?!...

  3. Pingback: «moral da história» ou histórias com sentido – 11: a parábola do velho e das varas | Conversamos?!...

  4. Pingback: «moral da história» ou histórias com sentido – 12: o velho lenhador | Conversamos?!...

  5. Pingback: «moral da história» ou histórias com sentido – 13: o cavalo e o poço | Conversamos?!...

  6. Pingback: «moral da história» ou histórias com sentido – 14: os sapinhos | Conversamos?!...

  7. Pingback: «moral da história» ou histórias com sentido – 15: a peste | Conversamos?!...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s