“Pode alguém ser quem é? o teatro enquanto ferramenta de presença na pessoa do profissional de saúde”

rr

“A presente dissertação de mestrado assume-se como um estudo interdisciplinar entre a Saúde e o Teatro, tendo como eixo central o conceito Presença do actor. Uma dissertação alicerçada num processo de investigação-acção, ou seja, um estudo que envolveu também uma experiência de criação teatral. A revisão teórica prévia foi alargada às disciplinas de Filosofia, Medicina, Psicologia, Enfermagem, e o próprio Teatro, de forma a perspectivar o potencial de desenvolvimento do conceito Presença para além do âmbito teatral. Foram constituídos os pressupostos teóricos para avançar de forma consistente num laboratório de criação centrado na Presença. No contexto da exploração deste conceito, conduzimos esse laboratório à luz dos predicados do Teatro Comunidade, em que diferentes profissionais de saúde (Enfermagem,C. Farmacêuticas, Psicologia, Terapia Psicomotricidade, Medicina) e Educação (Professores, Educadores de Infância) vivenciaram o desenvolvimento da sua respectiva Presença em cena Teatral. Um laboratório de criação subjacente à celebração do Centenário Dr.João dos Santos, pelo que o objecto simbólico desenvolvido foi transversal à sua obra. Ao considerar este percurso de criação, desenvolvemos um estudo de investigação qualitativa com recurso à análise crítica de discurso de Fairclough. Uma construção discursiva sustentada em dois grupos focais, antes e após o respectivo laboratório de criação. Os achados discursivos apontam uma mudança discursiva sensível no que se refere ao conceito Presença do actor, mas em especial, sublinham o potencial de consolidação conceptual do mesmo conceito no âmbito disciplinar da saúde. Um objecto académico que reforça a importância da ponte interdisciplinar, no enriquecimento conceptual e operatório das disciplinas saúde e teatro.”

continuar a ler

Momentos discursivos do dia

Deixo links para os vídeos dos discursos do Bastonário cessante, Germano Couto, da nova Bastonária, Ana Rita Cavaco, e do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes. Recomendo que oiçam, são discursos curtos.

O Bastonário agradece, reconhece a Bastonária Maria Augusta de Sousa, o contributo dos membros dos órgãos e dos funcionários da OE, e fala de um livro “Para a memória histórica da Ordem dos Enfermeiros”.  A atual Bastonária requer condições para a regulação profissional (sob a ideia “não há regulação sem….”). E, curiosamente, o Ministro identifica áreas de desenvolvimento futuro da profissão em Portugal.

Discurso do Ministro da Saúde

Discurso da nova Bastonária

Discurso do Bastonário cessante

[Sêlo e Sê-lo] 2 | Fernando Pessoa

Selo-do-Fernando-Pessoa-Portugal-1975

Fernando Pessoa em selos com tema de Pintura, Escultura e no Cinquentenário da sua morte.

selo-Estatua-de-Fernando-PessoaSelo-Fernando-Pessoa-Portugal-1985

Os CTT – Correios de Portugal e a ECT – Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos lançaram, a 7 de setembro de 2012, uma emissão conjunta com dois selos que homenageiam os poetas Fernando Pessoa e Cruz e Sousa, e as respectivas obras Mar Português e Ser Pássaro.

i353557

selo_fernando_pessoa