E agora, que os números gritam??

Dívida do Estado por região: números atingem 553.274 horas

Enquanto Ministério da Saúde e Governo se preocupam em encontrar soluções para outros grupos profissionais e para pagarem aos fornecedores mantêm um silêncio ensurdecedor relativamente à dívida aos enfermeiros e ao que isso representa. A atualização dos dados aumenta para 553.274 as horas em dívida.

As sistemáticas denúncias de exaustão dos enfermeiros devido à sobrecarga de trabalho não podem agora ser desmentidas. O SEP fez o levantamento por instituição das horas em dívida que agora torna público. Faltam ainda algumas instituições, em algumas delas por dificuldade de acesso às escalas ou por não conterem os saldos finais ou ainda por intransigência das administrações em fornecer esses dados, mas fica claro que são os enfermeiros que têm sustentado o funcionamento do Serviço Nacional de Saúde

(fonte SEP)

Faltam algumas Unidades Locais de Saúde, ACES e Unidades da RNCCI.

553, 274 horas correspondem a 5.532,740 euros em dívida por trabalho já efetuado e a 3.952 enfermeiros que deveriam estar, diariamente, em funções permanentes nos serviços.

Se fizer contas, para que o valor dos 553,274 seja mais percetível, divido por 144h (equivalente a um horário/escala de 4 semanas) e obtenho 3842 escalas mensais. O que, divindindo por 12, tem como resultado 321 anos.

Ou seja, considerando o global de horas em dívida, os enfermeiros realizaram além do seu horário, mais 321 anos de trabalho.

Impressionante, para dizer o mínimo… E agora, os números não falam, gritam, sobre eles também gostaria de ouvir o Ministério e os Cidadãos….

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s