Publicado em 7ª arte, BD

6 pedras

 

Depois da sequência dos filmes, os artefactos: as seis Jóias do Infinito.

Tesseract: Joia do Espaço

Aparece no Capitão América: o Primeiro Vingador e nos Vingadores. O seu histórico inclui Odin,Vigia da Igreja (1942), Caveira Vermelha e a Hidra (1942-1945), S.H.I.E.L.D. (1945-2012),Loki (2012), Heimdall (Asgard, 2012-2017). O portador recente era Loki.

Joia da Mente

Apresentada nos VingadoresVingadores: Era de Ultron. O histórico inclui Thanos (até 2012), Loki (2012), S.H.I.E.L.D. (2012-2014), Hidra (2014-2015). O portador recente foi a Visão.

Joia da Realidade

Apresentada em Thor: O Mundo das Trevas. O histórico inclui Malekith (até 2987 a.C.), Bor (2987 a.C.), Jane Foster (2013), Malekith (2013), Asgard (2013). O portador recente era o Colecionador (Museu do Colecionador).

Orbe: Joia do Poder

Apresentada nos Guardiões da Galáxia. O histórico inclui Planeta Morag (até 2014), Peter Quill (2014), Guardiões da Galáxia (2014), Ronan (2014) e Irani Rael, Nova Corps (Xandar).

Olho de Agamotto: Joia do Tempo

Apresentada no Doctor Strange. O histórico inclui Agamotto e a Anciã. Portador recente Stephen Strange.

 Jóia da Alma

Gamorra revelou a localização da Jóia da Alma ao pai, e Tanos levou-a ao planeta Vormir, para a ir buscar. Foi preciso a Viúva Negra e  Gavião Arqueiro recuarem no tempo para irem recuperar a pedra. E só há uma maneira de a obter.

na imagem acima, uma cronologia feita por um fã.

Publicado em 7ª arte, BD

As aparições de Stan Lee

Para quem viu os filmes da Marvel, é relativamente expectável procurar onde (e quando) aparece Stan Lee.EM quase todos tem aparições.

Inesperadamente, pode aparecer como rosto na multidão, segurança, carteiro, vizinho a regar o jardim, vendedor de cachorros quentes, voluntário a a tentar erguer o martelo de Thor, general do exército no público, funcionário da biblioteca, membro de júri de concurso, doente internado, veterano de guerra, bartender, ou graffiti numa parede. É de ficar à espera, porque ele aparece!

   

Stanley Martin Lieber – Stan Lee – nasceu em Manhattan, Nova Iorque, no dia 28 de dezembro de 1922, filho de judeus imigrantes da Roménia, e morreu a 12 de novembro de 2018. Dizer o seu nome é sinónimo de Marvel Comics. E de toda uma «família» de super-heróis, Quarteto Fantástico, Hulk, Thor, Homem de Ferro, X-Men, Doutor Estranho e Homem-Aranha.O reviver de Namor e Capitão América. A co-criação do Surfista Prateado, do Falcão. Depois de muitas décadas como rosto público da Marvel Comics, a Stan Lee Media, a POW! (Purveyors of Wonder) Entertainment. Desde 2004, a Stan Lee’s Sunday Comics. E filmes, muitos filmes da Marvel.

Publicado em 7ª arte

Roteiro cinematográfico no Universo Marvel ou plano para 23 sessões

Há uma sequência para ver os filmes dos Avengers – em ordem cronológica dos acontecimentos dentro do Universo Cinematográfico Marvel. As datas em que as histórias acontecem foram oficializadas pela Marvel Studios no livro Marvel: The First Ten Years.

Capitão América: O Primeiro Vingador (Captain America: The First Avenger, 2011) acontece em 1943/45.

Capitã Marvel (Captain Marvel, 2019). Década de 90 (1995).

Homem de Ferro (Iron Man, 2008). Acontece em 2010.

O Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 2008). Acontece em 2011.

Homem de Ferro 2 (Iron Man 2, 2010). Acontece em 2011.

Thor (2011). Acontece em 2011.

Os Vingadores (Marvel’s The Avengers, 2012). Acontece em 2012.

Homem de Ferro 3 (Iron Man 3, 2013). Acontece em 2012.

Thor: O Mundo das Trevas (Thor: The Dark World, 2013). Acontece em 2013.

Capitão América: O Soldado do Inverno (Captain America: The Winter Soldier, 2014). Acontece em 2014.

Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy, 2014). Acontece em 2014.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 (Guardians of the Galaxy Vol. 2, 2017). Acontece em 2014.

Vingadores: A Era de Ultron (Avengers: Age of Ultron, 2015). Acontece em 2015.

Homem-Formiga (Ant-Man, 2015). Acontece em 2015.

Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War, 2016). Acontece em 2016, logo a seguir a Thor:Ragnarok.

Homem-Aranha: Regresso a Casa (Spider-Man: Homecoming, 2017). Acontece em 2015.

Doutor Estranho (Doctor Strange, 2016). Acontece entre 2016 e 2017.

Pantera Negra (Black Panther, 2018). Acontece em 2017.

Thor: Ragnarok (Thor: Ragnarok, 2017). Acontece em 2017.

Homem-Formiga e a Vespa (Ant-Man and the Wasp, 2018). Simultaneamente aos eventos de Vingadores: Guerra Infinita

Vingadores: Guerra Infinita (2018). Acontece em 2017. Acontece logo a seguir a Thor: Ragnarok.

Vingadores: Endgame (Avengers: Endgame, 2019). História acontece em 2023 (com viagens no tempo a 2017, 2014, 2013, 2012 e 1970).

Homem-Aranha: Longe de Casa (2019). Acontece em 2023, 8 meses após os eventos de Vingadores: Endgame.

Publicado em 7ª arte

Rutger Hauer, RIP

Icónico, em Blade Runner (1982)

The Hitcher (1986)

Wanted: Dead or Alive (1987)

Ladyhawke (1985)

Blind Fury (1989)

Salute Of The Jugger (1989)

Split Second (1992)

Soldier Of Orange (1977)

Wedlock (1991)

Surviving the game (1994)

Ravn, The Last Kingdom

O português RPG (2013)

Publicado em 7ª arte

7ª arte e óculos de sol

Para quem gosta de cinema, as personagens compõem-se com um certo estilo, também pela indumentária e os acessórios. Depois dos chapéus,  as caracterizações dos óculos de sol, especialmente nos cenários em que aparecem fora de contexto (de noite, por exemplo), fazem parte «da farda» ou anunciam uma tendência vanguardista na época do filme.

Em  The Hunger (1984) [David Bowie e Catherine Deneuve],

o memorável exemplo de Matrix (1999-2003)

no clássico Top Gun (1986) [Tom Cruise e Kelly McGillis],

as lentes azuis futuristas de Drácula de Francis Ford Coppola (1992) [interpretado por Gary Oldman],

as lentes vermelhas de Brad Pitt em Fight Club, de David Fincher (1999),

o ar de Travis Bickle (Robert De Niro) em Taxi Driver (1976)

a figura de Dolores (Whoopi Goldberg) em Sister Act (1992)

o estilo de Tony Stark, em Iron Man 2 (2010),

Scott (James Marsden) de X-Men (2000), Cyclops…

Mr. & Mrs. Smith (2005)

Et voilá!

Publicado em 7ª arte, Chapéus

7ª arte e chapéus

No início de Green Book, um chapéu (de Joey Loscudo) está no centro de uma confusão, armada por Tony Lipp. No fim de contas, o incidente só serve para mostrar parte o perfil do segurança/ relações públicas.

Ao ver a cena, lembrei-me de outros chapéus de filmes, bastante famosos (o que não pareça que este chapéu venha a ser…).

OK, atrás no tempo, Humphrey Bogart em Casablanca (1942) e o Estranho (Clint Eastwood) em O Estranho Sem Nome (1973),

Indiana Jones (Harrison Ford) em qualquer dos filmes da saga (1991-2008), Allan Quatermain (Sean Connery) em The League Of Extraordinary Gentlemen (2003)

Tristan Ludlow (Brad Pitt) em Legends Of The Fall (1994), Samuel (Tommy Lee Jones) em The Missing (2003),

Drover (Hugh Jackman) em Australia (2008), e o papel do chapéu (Matt Damon) em The Adjustment Bureau (2011)

Gene Hackman em The French Connection (1971), Captain Jack Sparrow (Johnny Deep), em qualquer dos Piratas das Caraíbas (2003-2017),

o Chapeleiro de Alice in Wonderland (2010) , Ron Woodroof (Matthew McConaughey) em Dallas Buyers Club (2014), 

The Sorting Hat, de Harry Potter (2001-2011), Jude Law em Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald (2018)

e, claro, o de Gandalf (Ian McKellen), na saga Senhor dos Anéis (2001 – 2003) e Hobbit (2012-2014).

Mais chapéus?! 🙂

Publicado em 7ª arte

Green Book [2019]

EUA, 1962. Tony Vallelonga aka Tony Lip (Viggo Mortensen), um italiano do Bronx,  fica desempregado com o encerramento da Copa, a discoteca onde trabalhava como segurança. Aceita ser motorista (e segurança) de Donald Shirley (Mahershala Ali), um famoso (e requintado) pianista negro, numa tournée para sul que durará oito semanas.

O contraste entre ambos, que é claríssimo na viagem até à Pensilvânia, e o temperamento diametralmente oposto de cada um, aumenta na travessia dos estados – Ohio, Indiana, Cedar Rapids, Kentucky, St Louis, Raleigh, Arkansas,

A beleza do país, as diferenças no percurso, os comportamentos, as idiossincrasias… e a previsibilidade do argumento não desfaz o interesse da história 🙂

Nota de rodapé: Para quem continua a ver Viggo Mortensen como Aragorn,  vê-lo como Tony Lipp é extraordinário.