Gosto por bancos…

IMG_4549 IMG_4550 IMG_4551 IMG_4556

Não é a primeira vez que confesso gostar de bancos…

E encontram-se bancos interessantes em muitos sítios do mundo. Inclusivé já encontrei bancos com mosaicos personalizados, bancos feitos de pedra, de metal, de madeira, de corda. Bancos  em jardins,  em beiras de estrada, em praças, em ruelas.

Bancos de várias cores mas sempre com estilo que convida e  representa um parar e sentar-se.

Neste caso, bancos com pinturas típicas de BD, no Parque Central da Amadora.

# 1070 | Pensamento do dia

reading bench_Paris

“Qual foi o génio que inventou o banco público? No nosso mundo cada vez mais controlado, dirigido e digitalizado, o banco público de madeira é um oásis de liberdade no meio da cidade. No banco pode ler, dormitar, comer a sua sanduíche, meditar e reflectir sobre a vaidade dos desejos humanos. (…) O banco oferece convívio, privacidade e conforto. Tudo isto sem custos nenhuns”

Tom Hodgkinson e Dan Kieran, O Livro dos Prazeres Inúteis, Quetzal (p.39)

sítios de sentar

IMGP4889Poderia dizer que gosto de bancos.

E dei conta que se encontram bancos interessantes em muitos sítios do mundo. Inclusivé já encontrei bancos com mosaicos personalizados, bancos feitos de pedra, de metal, de madeira, de corda.

Bancos  em jardins,  em beiras de estrada, em praças, em ruelas.

Bancos de várias cores mas sempre com estilo que convida e  representa um parar e sentar-se.

 

(Dëshmorët e Kombit Boulevard, Tirana)

 

IMGP4870

[06] Lugares do Mundo, Silver Spring

Ao longo da rua,  um simples banco de madeira torna-se” memorial”, por ser doado ou dedicado a alguém…

Há os que assinalam ter a obra de arte sido encomendada por firmas ou empresas e os que, de modo singelo, são dedicados, «com amor» a alguém, pai, por exemplo.

Curioso que muita gente não repara na pequena chapa metálica que identifica o banco e o trabalho de mosaico….

(Along the street, a simple wooden bench becomes a memorial, because was donated or dedicated to someone …

There are those who point out have the artwork was commissioned by firms or companies and that, so simple, is dedicated “with love” to someone, father, for example.

Curious that many people do not notice the small metal plate that identifies the mosaic work ….

(Downtown, Silver Spring)