III Encontro Internacional de História da Enfermagem, 2017

iii

Objetivos:

-Contribuir para o aprofundamento e a divulgação do conhecimento cienơfico em História da Enfermagem e da saúde, numaperspetiva interdisciplinar;
– Divulgar experiências, modelos e abordagens de investigação em história da enfermagem e da saúde
– Contribuir para a criação de meios que permitam criar um sentido de pertença intergeracional e de apropriação do passado como elemento necessário para a atualização e reforço da identidade profissional

O programa definitivo e outras informações sobre o Encontro pode ser consultado em www.sphe.pt

Anúncios

A quem possa interessar…

forum

O projeto MAIS PARTICIPAÇÃO, melhor saúde, organizará no próximo dia 18 de outubro (9h-17h), no Auditório do Edifício Novo da Assembleia da República, em Lisboa, o Fórum MAIS PARTICIPAÇÃO, melhor saúde, onde será feito o lançamento público da Carta para a Participação Pública em Saúde.

 O Fórum será também um dia de debate dedicado à temática da participação em saúde, com convidados/as de várias entidades ligadas às áreas da saúde e da participação. Serão ainda apresentados os resultados dos inquéritos realizados junto de 78 organizações da área da saúde e mais de 600 cidadãos, sobre a suas visões, atitudes e experiências de participação na área da saúde.

Poderá consultar aqui o programa provisório da conferência. A entrada é livre, mas sujeita a inscrição, que poderá ser feita aqui –  Facebook e também a petição

A quem possa interessar

14a

14ª Conferência Internacional de Investigação em Enfermagem
A translação do conhecimento de enfermagem: Uma força para a
mudança na prática clínica!

14th International Nursing Research Conference
Translational nursing knowledge: A force for change in clinical practice!

Normas de apresentação e critérios de apreciação por pares: normas-e-criterios

 

5th

Instructions for submission of abstracts and criteria for peer review

5o-cgiqs-normas-e-criterios

A quem possa interessar

Mulheres, Cidadania e Direito de Voto

Screenshot_1

Para assinalar os 40 anos da Constituição da República Portuguesa de 1976, que pela primeira vez consagra constitucionalmente o voto universal, o Instituto de História Contemporânea da FCSH/NOVA irá organizar nos dias 21 e 22 de Novembro de 2016 na Assembleia da República um congresso internacional que se debruçará sobre o papel das mulheres nos processos dos ciclos eleitorais. O congresso encontra-se aberto a todas as áreas científicas.

[…]

O encontro procurará analisar as diversas modalidades e práticas dessa luta pelo sufrágio feminino na longa duração, desafiando a comunidade académica a apresentar propostas no âmbito das construções normativas e leis, na participação das campanhas eleitorais, ou na participação no planeamento e execução dos actos eleitorais. O congresso promove o estudo destes aspectos numa perspectiva transnacional interdisciplinar e comparada e em diferentes tipos de regime.
[…]

As propostas de comunicação deverão ser submetidas até ao dia 30 de Setembro de 2016 e deverão incluir o título, resumo (máximo de 300 palavras) e uma breve nota biográfica (máximo de 200 palavras). Os resultados serão comunicados a  15 de Outubro de 2016.

continuar a ler

Um minuto….

2016 internet minute

Um minuto são 60 segundos 🙂 e o volume de atividade internáutica é assombroso. No topo, os emails (150 milhões de emails enviados), seguindo-se o WhatsApp (20.8 milhões de mensagens), o YouTube (2.78 milhões de vídeos vistos)…. e o Google Search (2.4 milhões de search queries). Muito se comunica e busca e vê e ouve… pergunta seguinte: quais os resultados??

A quem possa interessar

Screenshot_1

“PROTECÇÃO E DESENVOLVIMENTO GLOBAL

15 a 17 de Setembro de 2016

Vai realizar-se na cidade do Porto, em Setembro próximo e sob os auspícios do Centro de Estudos de Bioética e da Sociedade Brasileira de Bioética, numa parceria com o Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa, o IX Encontro Luso-Brasileiro de Bioética/III Encontro Lusófono de Bioética. Será a nona edição de uma iniciativa que, ao longo de já quase duas décadas, vem afirmando um propósito de encontro de saberes em torno de uma lusofonia que, assim, se lança uma vez mais no encalço da reflexão bioética.

Na mira do crescimento das sociedades, urge hoje pensar o seu desenvolvimento na esteira da proteção que à Vida, a sua primeira justificação, deve ser dedicada.

Por tal, a agenda deste Encontro ordena-se para esta necessária ponderação a fazer entre Desenvolvimento Global e Proteção da Vida. No Planeta que nos acolhe, são bem diversificadas as formas de vida que nele pulsam. Elas serão, na sua pluralidade, objeto de um olhar ético que a dimensão multicultural deste Encontro lhes irá dedicar.”

site do evento e informações