Fotofolio | por terras lusas

IMG_4030 IMG_4033 IMG_4450

Jardim 9 de Abril, Rocha Conde de Óbidos, Lisboa

Anúncios

Lisboa: estações do Metro, lugares de descoberta

p1150727

Talvez seja um dos passeios mais interessantes pela cidade, para quem não se importar de andar em subterrâneo e, especialmente, se nem estiver bom tempo;

os Metropolitanos são uma forma óbvia de poupar tempo, para quem cruza a cidade, mas, mais do que isso, as estações são um modo assaz curioso de disseminar cultura, arte, informação.

As estações de metropolitano, em Lisboa, são muito apelativas, artísticas, preparadas para serem vistas, diria.

restauradores

oriente aeroporto

 

Teatro Apolo

Teatro do Príncipe Real,  pertença de Francisco Viana Ruas, foi inaugurado em 1866,  na freguesia de Santa Justa, em Lisboa, mais propriamente na Rua da Palma e esquina com a Rua da Mouraria.  Tinha sido edificado em homenagem ao futuro rei D. Carlos, daí a designação.Teatro Apolo

“Dois pobres e uma porta”, em 3 actos e, “Muito padece quem ama” foram as comédias apresentadas na inauguração.

Em 1910, com a instauração da República, o seu nome foi alterado para Teatro Apolo.   “Agulha em Palheiro” , primeira revista original após a instauração da República, foi apresentada em 1911.

Fechou a 15 de junho de 1956, para demolição (e foi demolido em 1957).

Revelar LXTeatro Apolo_postal_1910

Marcas das Ciências e técnicas nas ruas de Lisboa