Pensamento do dia

99eb6a2a65d5696095be3a6bd95638af-we-follow-pics-com

” Gosto de chuva e de lama tal como os patos. A mudança de ares e de clima não me afecta: tanto se me dá que tempo faça. As únicas alterações que me atingem são as produzo dentro de mim, e essas são menos frequentes quando viajo.

Montaigne, “Da Vaidade”, in Ensaios (Antologia). Introdução, tradução e notas de Rui Bertrand Romão. Lisboa, Relógio d’Água, 1998, p. 249.