Livros e leituras

etica1

ÉTICA: RAÍZES E FLORESCÊNCIAS EM TODOS OS CAMINHOS
ISBN 978-972-8930-47-9, Fevereiro 2009

O entendimento de que a ética se enraíza na procura “de uma vida boa, com e para com os outros, em instituições justas”, de acordo com a fórmula tripartida de Paul Ricoeur, faz-se acompanhar da premissa que o pensar é um exercício de reflexão e de consciência, reportável aos valores que integramos, às condutas que temos, às coisas que valoramos, às procuras que fazemos, em suma, ao perfil da pessoa em que nos queremos ir tornando.

Neste livro, seguindo o trilho da ética filosófica e da sua configuração, fazemos caminho pelas ideias de felicidade, de autoconhecimento, da Pessoa que (nos) dizemos ser, da morte e da finitude, da vida como jornada e como narrativa, dos papéis de cada um, herói e protagonista da sua (própria e singular) história; seguimos os eixos das virtudes, os processos do desejo à acção, a indagação pelo Outro e pelo consenso, valorando as companhias nos percursos da Vida. O desafio da ética, que é o de pensar o modo como se quer viver também nos leva aos tópicos da educação e do florescimento humano, procurando-se o sentido de viajar ligeiro e de estar atento a argumentos e a falácias. Conversamos com pensadores de todos os tempos, de antigos a pós-contemporâneos, de Sócrates a Michel Renaud, passando por Aristóteles, Kant, Nietzsche, Heidegger, Hannah Arendt, Habermas, Hans Jonas, Lévinas, Ricoeur, Cortina, Savater, Rawls, Comte-Sponville e Martha Nussbaum , entre outros. O tempo presente é o da Vida e da itinerância humana, da (nossa) humanitude recortada na dimensão ética.”

(texto da contracapa)

Editado pela Lusociência (Lusodidacta).

Anúncios

3 thoughts on “Livros e leituras

  1. Viver é mesmo difícil!…
    Gostei das expressões «o sentido de viajar ligeiro» e «estar atento a argumentos e a falácias»: é a diferença entre sermos pessoas reflexivas ou do tipo ‘maria-vai-com-as-outras’.

    Gostar

  2. Viver é difícil??? 🙂 desafiador….
    … e «maria-vai-com-as-outras» tanto nos faz perguntar «quem são as outras?» como de que material é feita a «Maria» :))
    resto de boa semana.

    Gostar

  3. FANTASTICO argumento. Infelizmente e por vezes, todos nós podemos ser “a maria vai com as outras”.
    Eu também já fui essa falácia. Contudo, considero que o importante é fazermos sempre que agimos, um bom ecercicio platonico e aproveitar o erro para re-convertermos o nosso olhar. Isso sim, vale a pena.
    A vida nao é dificil (sem qq des-respeito para quem o afirma). Se vivermos uma vida dedicada à re-conversao do nosso olhar, poderemos certamente, ajudar o outro que sofre mais do que nós. Afinal a vida é BELA, ASSIM SAIBAMOS TIRAR PARTIDO……!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s