Pensamento do dia

IMG_1815 IMG_1816

The first writing of the human being was drawing, not writing.

Marjane Satrapi
Anúncios

“rent-a-walker”, a caracterização do horror

Uma das atividades divertidas, na base do horrível, era a de passear um walker (para quem vê “Walking Dead”, senão dir-se-ia um zombie), durante 15′, assustando os visitantes e, às vezes, o próprio passeante. A lentidão do walker, o andar dificil e cambaleante, as caracterizações eram extraordinárias…. e repulsivas, claro!

IMG_1560 IMG_1768IMG_1844IMG_1622IMG_2327IMG_1673 IMG_1714    IMG_2301IMG_2049

“Costume players” aka cosplay

Cada um escolhe quem quer representar ser….  oportunidade de exercer a liberdade de se apresentar aos Outros, brincando com uma personagem ou herói preferido. “Cosplay” é abreviatura de costume play, representação de personagem real ou de ficção, concreto ou abstrato, como animes, mangas, comics, videojogos ou figuras da música, das séries, do cinema. A ideia terá nascido em 1939 durante a primeira Worldcon – desde então, tornou-se uma prática anual nas Worldcon, com concursos e atrações próprias, estendendo-se aos fãs de fantasia e BD. Cosplay começou com a criação própria de personagens de ficção (muito ligado ao Universo Star Wars) mas hoje estende-se a todos os ramos e são, muitas vezes, as pessoas que fazem, total ou parcialmente, os seus fatos [versão DIY (do it yourself)].

IMG_2075IMG_2305  IMG_1847IMG_1896IMG_2245IMG_2038IMG_1686 IMG_1662IMG_1870IMG_1993

Imagens Comic Con Portugal, 5 a 7 dezembro, 2014