Publicado em Conversa

alusão ao dia

Na passagem do tempo, há marcos que se manteêm….Dias que se assinalam de modos diversos e que partilham o comum de se assinalarem em tom e.g.o. centrado.

E que revelam acerca do tempo. Ao caso, Kronos, o tempo mensurado, com dias, meses e anos – todavia, um tempo cheio de Kairós, o tempo que alimenta a alma, significativo num horizonte existencial de sentido.

Porque o tempo nunca é apenas tempo. Antes recheado de oportunidades de descoberta – sobre si, os outros, a vida, os sentidos das coisas. De caminhar e fazer-se nos caminhos, que a si mesmo se constrói quando se caminha.

Neste tempo que um ano assinala, houve mais corridas do que gostaria, menos caminhadas de planície do que tinha pensado. Tomei decisões difíceis e fáceis, pois, como costumo pensar, é melhor fazer-me à Vida que ela não se deixa em mãos alheias. Um dia de cada vez, enquanto ocasião única de vida e de existência.

Tempo de ver crescer os meus filhos, de os olhar e rir junto, no reconhecimento da magia das pequenas grandes coisas da vida. Tempo de fazer com eles os caminhos do Travian ou seguir a saga de Code Lyoko. De ver de outros modos e redimensionar.

Tempo de procurar transformar os dissabores em aprendizagens, as perdas em ganhos, as tristezas em alegrias. De gerir as zangas e salvar os destroços possíveis, de perdoar e ouvir melhor os outros, de reconhecer-se e aos outros.

Tempo que também foi de encontrar diamantes, de evitar charcos de lama, de aprender a perder gente (se é que tal alguma vez se aprende) e de deixar que o riso lave mais a alma do que as lágrimas. Tempo de viagens e de encontros, de outras gentes e outros usos, de consciência da precaridade e de contentamento pelo dia a dia.

Tempo em que o aprendido é um infinitesimal, ainda assim. Mas cresceu na bagagem para o tempo que se segue.

Autor:

LN é sigla de Lucília Nunes. Este blog nasceu no Sapo em 2001. Esteve no Blogspot desde 01.01.2005. Importado para Wordpress a 21.10.2007. Ligado ao FaceBook desde 13.12.2010.

14 opiniões sobre “alusão ao dia

  1. Que este dia se prolongue por muitos e longos anos, no que de melhor a vida tem para oferecer…:))

    Gostar

  2. PARABENS …
    pelo aniversário,
    pelo sorriso genuíno,
    pela alegria,
    pela rebeldia,
    pela energia e valor da VIDA!
    OBRIGADA …
    pela inspiração,
    pela luz no caminho difícil,
    por aceitar cruzar e percorrer o caminho conjunto!
    Um beijo doce,
    Xis

    Gostar

  3. Parabéns, pelo ano novo que se se iniciou ontem.
    Desejo-te que o sol brilhante continue a iluminar o teu caminho e que conserves a energia.

    Bjs
    SD

    Gostar

  4. Parabéns!
    Votos que a harmonia, a alegria e o entusiasmo que a caracterizam continuem a espalhar-se ao redor 🙂

    JPS

    Gostar

  5. RC, obrigada. Apetece dizer:«igualmente», sabendo ambas que há que aproveitar o que a Vida tem de «melhor» e o que não o é, procurarmos fazer com que seja “o mais possível”… 🙂
    beijos

    Gostar

  6. XIS, é de deixar sem resposta.
    Obrigada,
    pela gentileza,
    pela coragem,
    pela doçura.
    Por ser.

    Beijos

    PS – «Xis» lembra-me um excerto pequenino do 1º Indiana,
    em que ele está numa biblioteca e diz «x marks the spot»,
    pois um «X» no chão assinala o local por onde pro-seguir 🙂
    E depois, lá faz um estardalhaço a partir o chão…
    Recordada?
    «X» é marca de mapa de Tesouro 🙂

    Gostar

  7. SD, obrigada.
    No mínimo, sim, conservar a energia… se e quando puder, expandir… (risos)
    É um conjunto de dois belíssimos votos.
    Beijos

    Gostar

  8. JPS, obrigada.
    Entusiasmo, pois sim, é mais ou menos genético (risos)…
    A harmonia, bom, é (quando é) muito das procuras e das aceitações da Vida.

    Beijos

    Gostar

  9. Américo, nunca é “tarde para a festa”. Começamos outra… 🙂
    Ter linkado a 2006, foi, na interpretação que faço, curioso.
    https://conversamos.wordpress.com/2006/08/18/alusivo-ao-dia/#comments
    Não creio acidental (ainda que possa ter sido)
    Talvez porque procurar sentido e atribuir significado são dois «entreténs» habituais.
    Diriam (os meus amigos) gregos que a alegria esteja consigo: “chairein”!
    Obrigada por passar por cá e pela gentileza.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s